Gestão de equipes distribuídas: 8 dicas para criar um time global de sucesso

Com o aumento do trabalho remoto nos últimos anos, compreender a gestão eficaz da força de trabalho distribuída tornou-se essencial para o trabalho virtual.
A photo of a person using a laptop to accompany article on distributed workforce management

Com o aumento do trabalho remoto nos últimos anos, a gestão eficaz de equipes distribuídas tornou-se uma preocupação essencial para muitas organizações que operam a nível internacional.

A gestão de quipes distribuídas é o processo de supervisão e coordenação de um time que se encontra geograficamente disperso. Em comparação com a gestão tradicional, baseada no escritório, ela requer novas estratégias, políticas e tecnologias para facilitar a colaboração, a comunicação e a produtividade entre os membros da equipe remota.

Além disso, a gestão da força de trabalho distribuída implica a criação de uma cultura de trabalho solidária e inclusiva. Isto inclui o fomento da confiança e da autonomia entre colegas e a promoção de um local de trabalho saudável, o que, à partida, pode parecer mais difícil de fazer no mundo digital do que nos ambientes de escritório tradicionais.

VEJA TAMBÉM: Terceirização de call center: 5 grandes destinos a considerar

No entanto, se você conseguir fazer funcionar, a tendência para o trabalho à distância destaca uma mudança interessante para as empresas que contratam novos talentos. De acordo com a empresa de consultoria Gartner, os funcionários são maioritariamente a favor da virtualização. Além disso, novos estudos mostram que a flexibilidade é fundamental para aumentar a produtividade.

Se estiver interessado em contratar internacionalmente sem ter de criar uma entidade estrangeira, contate-nos para saber como o podemos ajudar.

Desafios e oportunidades na gestão de equipes distribuídas

As empresas podem agora contratar os melhores talentos de diferentes locais do mundo e expandir-se globalmente. Esta prática permite aos empregadores reduzir o espaço de escritórios, eliminar o tempo de deslocação e aumentar as taxas de retenção dos empregados. Significa também que tem de considerar a gestão de equipes distribuídas.

Uma mulher a utilizar um computador ao lado de um gato para ilustrar um artigo sobre gestão de equipes distribuídas
Equipes distribuídas dão mais tempo com pets

O time pode ser constituído inteiramente por trabalhadores à distância ou, ocasionalmente, por pessoas que trabalham a partir de diferentes sedes internacionais. Isto pode significar que os empregados estão espalhados por muitos países e aumenta a diversidade de culturas, antecedentes e conhecimentos entre os colaboradores.

É frequente que membros da mesma equipe trabalhem em vários fusos horários diferentes, falem várias línguas e respondam às diferentes regulamentações laborais locais. Juntamente com questões como as ameaças à cibersegurança e a manutenção do empenho dos trabalhadores, estas podem ser difíceis para a gestão de equipes distribuídas.

VEJA TAMBÉM: Classificação incorrecta de contratantes internacionais independentes: conheça os seus riscos

No entanto, estes obstáculos podem ser facilmente transformados em oportunidades. Por exemplo, ter pessoas de diferentes locais e fusos horários pode ajudar a sua empresa a obter uma cobertura mais ampla e a prestar serviços durante períodos mais longos do dia.

Uma gestão eficaz de equipes distribuídas deve ser capaz de desenvolver uma comunicação clara e promover a colaboração entre colegas remotos. É importante concentrar-se na capacitação e na autonomia, bem como manter hábitos de medição do desempenho e de responsabilização.

8 dicas para uma gestão eficiente da força de trabalho híbrida

1) Contrate os melhores talentos desde o início

Uma das maiores vantagens da gestão de equipes distribuídas é a capacidade de selecionar os profissionais mais diversificados e inovadores, uma vez que você não está limitado à sua área local.

Por isso, desde o início, dedique algum tempo a encontrar a equipe que melhor corresponde às suas necessidades de competências. Felizmente, o processo de contratação de trabalhadores internacionais pode ser simplificado através dos serviços de um EOR.

2) Obtenha a tecnologia correta

A gestão produtiva de equipes distribuídas só é possível com o investimento em práticas culturais favoráveis ao trabalho remoto. É fundamental adotar um software de trabalho que facilite a comunicação e a entrega. Há muitos que escolher, por isso, faça uma pesquisa antes de tomar esta decisão.

Você deve também se assegurar de que todos os colaboradores dispõem do equipamento adequado para trabalhar à distância sem complicações, fornecendo-o você mesmo, se necessário. Isto aplica-se tanto ao hardware como ao software, e pode mesmo estender-se a mobiliário como cadeiras e secretárias.

3) Adapte-se às diferenças de fuso horário

A sua empresa deve adaptar o seu horário a diferentes fusos horários. O trabalho assíncrono é um modelo cada vez mais popular para as empresas que procuram a expansão internacional e a inovação, mesmo que tenda a reduzir as comunicações em tempo real e os objetivos a curto prazo.

A chave é manter uma distribuição organizada das tarefas entre os colaboradores, tirando partido das diferenças de fuso horário. Minimizando os problemas e aproveitando os pontos fortes, isto pode tornar-se uma pedra angular do seu serviço de apoio ao cliente, uma vez que oferece mais horas de apoio aos clientes.

4) Defina expectativas claras com sua equipe

Utilize a gestão de equipes distribuídas para manter a o time concentrado nos objetivos estabelecidos, definindo metas que tenham em consideração a ambição da empresa, bem como as condições pessoais de cada trabalhador.

Defina orientações claras sobre os métodos de comunicação, o horário de trabalho, os processos do projeto, as datas de entrega e as ferramentas a utilizar. Estas intenções podem ser tanto individuais como compartilhadas, mantendo um ambiente justo. O mais importante é garantir que todos se concentram na produtividade, mesmo que estejam em locais fisicamente remotos.

5) Estabeleça uma comunicação clara

Num ambiente de escritório físico, pode muito bem dizer que a sua porta está sempre aberta, o que não é diferente virtualmente. Em vez de ser feito cara a cara, pode ser feito através de um software de mensagens, muitas vezes menos formal e mais amigável do que o e-mail. Esteja disponível para videochamadas se os empregados quiserem falar dessa forma.

Dê feedback regular aos membros da equipe, para que as pessoas saibam que você está disponível para as apoiar se tiverem problemas. Nas plataformas de mensagem, reconheça publicamente os esforços e promova o equilíbrio entre a vida profissional e a vida privada. Você pode começar dando o exemplo, enviando mensagens quando faz pausas para incentivar os outros a fazerem o mesmo.

6) Programe reuniões regulares

É necessário garantir uma comunicação eficiente entre colegas quando se trabalha à distância em equipes distribuídas, para que não se perca nenhuma informação. Nestes casos, marca reuniões regulares pode ser mais necessário do que para as forças de trabalho em um único espaço, uma vez que haverá menos comunicação informal.

Por outro lado, não se esqueça de se certificar de que todas as reuniões são essenciais, para evitar a perda de tempo e o risco de esgotamento. Muitas pessoas gostam e valorizam a liberdade e a flexibilidade do trabalho à distância, e as reuniões a tempo fixo interrompem esse processo.

7) Invista em atividades de formação de equipes distribuídas

Os trabalhadores podem sentir os efeitos do isolamento e da solidão quando trabalham à distância. Por isso, é uma boa ideia aumentar a satisfação geral propondo atividades divertidas. Torná-laos interdepartamentais ajudará a criar valiosas ligações entre áreas que se desenvolvem organicamente nos locais de trabalho tradicionais.

VER TAMBÉM: 5 grandes actividades de construção de equipas remotas para aumentar o moral

Para além das reuniões regulares, uma gestão eficaz de equipes distribuídas sabe como promover atividades divertidas para manter as relações mais próximas e não tão formais. Isto substitui parcialmente as conversas informais, como as conversas de bebedouro, que têm lugar nos espaços físicos dos escritórios.

8) Planeje a escalabilidade

Por último, espera-se que uma gestão eficiente de equipes distribuídas conduza um local de trabalho próspero e bem sucedido. Por isso, certifique-se de que planeja a escalabilidade. À medida que a sua equipe global evolui, desenvolva estratégias que permitam uma futura expansão.

Não se esqueça de partilhar os progressos com todos os colaboradores, uma vez que os trabalhadores remotos podem ter mais dificuldade em ver o crescimento da empresa. Por último, certifique-se de que dispõe de um sistema claro para receber novos funcionários e integrá-los rapidamente através de atividades como a formação de equipes sugerida acima.

Gráfico da Serviap Global com os 8 passos para uma melhor gestão de equipes distribuídas
Serviap Global dá assistência a equipes distribuídas

Como um EOR pode ajudar na gestão da força de trabalho distribuída

Uma excelente opção para facilitar a gestão da força de trabalho distribuída é a utilização de um EOR. Um bom empregador de registo colaborará com você, utilizando os seus conhecimentos locais para contratar, gerir, pagar ou até mesmo desligar membros da equipe em seu nome.

Homem a utilizar um computador junto a uma janela para ilustrar um artigo sobre gestão da força de trabalho distribuída
O EOR ajuda a administrar equipes distribuídas

Depois de selecionar o seu fornecedor de EOR, você terá uma melhor rede de recrutamento para adquirir os melhores talentos da região e compreender a legislação local. Um empregador de registo pode ajudá-lo a fazer uma triagem preliminar dos candidatos e a dar feedback, colaborando para criar a melhor equipe.

Através de um EOR, você pode estabelecer uma presença no estrangeiro sem ter de criar uma entidade jurídica local na jurisdição onde os empregados estão baseados. Isto facilita a contratação de pessoas em diferentes mercados, ao mesmo tempo que você pode se concentrar no desenvolvimento da gestão mais eficaz da força de trabalho distribuída.

A Serviap Global pode ajudar com a gestão de equipes distribuídas

Na Serviap Global, há mais de uma década que oferecemos soluções globais de contratação e apoiamos as empresas na gestão da sua força de trabalho distribuída.

Os nossos serviços incluem serviços internacionais PEO / EOR, contratação internacional de contratantes independentes e aquisição global de talentos para ajudar a obter contratações directas.

Contate-nos para saber como podemos ajudar a recrutar trabalhadores internacionais e a manter uma gestão prática da força de trabalho distribuída.

Ou pode ler mais sobre nós e a nossa equipa de liderança.

Contate-nos

Talvez esteja interessado em ler...

Assine nosso boletim informativo

Compartilhar este artigo:

Você pode gostar também

Are you ok with optional cookies?
Cookies let us give you a better experience and improve our products. Please visit our Privacy Policy.