EOR em Angola: 5 passos para contratar talentos rapidamente nessa economia africana em ascensão

Um EOR em Angola contratará profissionais em seu nome, portanto, não é necessário criar uma entidade para que os membros da equipe local se reportem a você.
A stock photo of the port of Luanda to accompany Serviap Global article on employer of record EOR in Angola. Source: pexels-carlos-césar-2767923

A contratação de profissionais por meio de um EOR em Angola é uma boa opção para quem deseja recrutar talentos de forma rápida e compatível nesse país africano em ascensão.

Angola está entre as dez maiores economias da África em termos de PIB, além de ser um dos três maiores produtores de petróleo do continente. Além de seu enorme setor petrolífero, Angola tem uma economia diversificada, com serviços, construção e imóveis, todos importantes.

Para quem deseja contratar pessoas em Angola sem precisar criar uma entidade, um empregador de registro (EOR) pode oferecer várias soluções.

Além dos serviços de empregador de registro – em que o provedor é o empregador oficial dos profissionais que se reportam diretamente a você – um EOR em Angola também pode oferecer serviços como contratação de prestadores de serviços e terceirização de processos de recrutamento (RPO).

Se você precisar de suporte de um EOR em Angola, entre em contato conosco para obter mais informações.

Angola: visão geral do país

Situada no ponto de encontro entre o sul e o centro da África, Angola faz fronteira com a República do Congo, a República Democrática do Congo, a Zâmbia e a Namíbia, além de ter uma costa atlântica de 1.600 quilômetros.

O português é o único idioma oficial dessa nação multicultural, mas muitos outros idiomas são falados no país, incluindo cinco idiomas bantu. O inglês e o francês são os idiomas estrangeiros mais ensinados na escola. A moeda local é o kwanza angolano (AOA).

Depois de sair de um quarto de século de guerra civil em 2002, Angola se tornou a economia de crescimento mais rápido na África, com muitos setores que foram gravemente afetados pelo conflito conseguindo se recuperar rapidamente. Atualmente, sua capital e centro comercial, Luanda, é considerada uma das cidades mais prósperas e desenvolvidas da África, com infraestrutura moderna e uma grande variedade de opções de entretenimento para os residentes. Também abriga o principal porto do país, que movimenta aproximadamente 70% do tráfego de contêineres do país.

Um mapa da Serviap Global de Angola para acompanhar o artigo sobre os serviços de empregador de registro - ou eor - e outras opções de contratação internacional disponíveis nesse país africano em ascensão.
A Serviap Global pode ajudá-lo a contratar em Angola

Além do petróleo, Angola tem grandes reservas de gás natural, concentradas nas zonas marítimas do exclave de Cabinda e no estuário do rio Congo. O país também tem depósitos significativos de diamantes, ouro e minério de ferro.

Nos últimos anos, Angola tem procurado aproveitar seu crescimento buscando ativamente investimentos estrangeiros e promovendo uma maior diversificação econômica. Foram implementadas iniciativas para melhorar o ambiente de negócios, simplificar os processos regulatórios e promover a transparência.

Contratação por meio de um EOR em Angola

Trabalhar com um empregador de registro em Angola para contratar profissionais locais oferece uma série de benefícios, que começam com a economia de custos. Porque, embora um EOR em Angola lhe cobre uma taxa, que geralmente é fixa “por funcionário” ou como uma porcentagem da folha de pagamento que está sendo processada, esse custo geralmente será significativamente menor do que a despesa de criar uma entidade local e administrar sua própria operação.

O gerenciamento da folha de pagamento também é outra vantagem importante dos serviços de EOR, com o provedor cuidando dos cálculos e pagamentos de salários de todos os profissionais contratados em seu nome, garantindo a conformidade com todas as leis locais.

Um EOR em Angola pode contratar profissionais em seu nome, para que você não precise criar uma entidade local e possa ter rapidamente membros da equipe local.
Luanda, capital de Angola

Mesmo no caso improvável de surgir um problema de não conformidade, o seu EOR em Angola terá assumido a responsabilidade na maioria dos casos, o que significa que você nunca precisará se preocupar com penalidades financeiras não extintas, que representam um risco quando se opera em um regime regulatório desconhecido.

Um empregador de registro em Angola também poderá ajudá-lo a encontrar as pessoas de que você precisa para determinadas funções e terá uma rede de recrutamento estabelecida, além de conhecimento especializado do mercado de trabalho local, o que lhe permitirá encontrar rapidamente candidatos excelentes.

Seu provedor também poderá ajudá-lo durante o processo de solicitação de visto para qualquer pessoa que esteja se mudando para o país em seu nome e que precise de permissão local para trabalhar.

A regulamentação de um EOR em Angola supervisionará

Entre as regulamentações que seu EOR em Angola garantirá o cumprimento estão as seguintes:

Contratos de trabalho: os contratos de trabalho geralmente são de prazo indeterminado, a menos que o trabalho que está sendo realizado dure menos de 36 meses, caso em que podem ser usados contratos de prazo fixo.

Horas de trabalho: a semana de trabalho média em Angola é de 44 horas, com um máximo de 8 horas por dia. As horas extras podem estender a semana de trabalho para 54 horas, divididas em 9 horas por dia.

Férias e feriados: após um ano de serviço, os funcionários têm direito a 22 dias de férias remuneradas por ano, enquanto o país comemora 12 feriados nacionais.

Seguro-saúde: não obrigatório. Angola oferece um sistema de saúde universal.

Licença médica: os funcionários têm direito a até três dias de licença médica.

Licença maternidade: As mães têm direito a até três meses de licença maternidade.

Impostos: a taxa padrão de IVA é de 14%. Os impostos sobre a folha de pagamento do empregador também incluem 3% para a seguridade social. Enquanto isso, os impostos sobre a folha de pagamento dos funcionários incluem um adicional de 3% para a seguridade social.

Como contratar por meio de um EOR em Angola

Se você estiver interessado em contratar profissionais por meio de um EOR em Angola, precisará realizar as seguintes atividades:

1) Estabelecer requisitos

Caso o seu empregador de registro em Angola esteja buscando candidatos para serem considerados para as funções, a primeira etapa será estabelecer claramente os seus requisitos, em termos do número de que você precisa, das funções que eles irão preencher e das habilidades e conhecimentos que eles devem ter para serem elegíveis.

2) Analisar os candidatos

Seu EOR buscará e selecionará candidatos para preencher as funções de que você precisa e lhe apresentará opções qualificadas. Aqueles que você aprovar serão convidados para entrevistas iniciais com o provedor para garantir que todas as habilidades essenciais e os limites de conhecimento sejam atendidos. Observe que você pode dar autoridade ao EOR para escolher candidatos em seu nome.

3) Realizar entrevistas

Todos os candidatos que passarem na entrevista inicial serão apresentados a você, juntamente com as anotações dessas entrevistas, para que você possa escolher quais deles convidar para entrevistas com a sua empresa. Essas entrevistas devem testar quaisquer aspectos técnicos ou muito especializados da função que o EOR talvez não tenha tido o conhecimento necessário para testar adequadamente.

4) Profissionais a bordo

Seu EOR em Angola emitirá cartas de oferta para os candidatos escolhidos, gerenciará o processo de aceitação e supervisionará os embarques. No entanto, haverá uma série de informações que você precisará fornecer para que a integração seja realizada adequadamente.

5) Gerenciar os membros da equipe local

Com os membros da sua equipe local oficialmente na folha de pagamento do EOR e integrados, você pode começar a gerenciá-los como qualquer outro membro da equipe, estabelecendo seus fluxos de trabalho, definindo suas metas e supervisionando o trabalho que fazem.

Alternativas à contratação por meio de um EOR em Angola

Existem várias alternativas para a contratação por meio de um EOR em Angola, as quais, em muitos casos, um empregador de registro também poderá ajudá-lo.

Muxima, Angola

Porque, mesmo que você decida estabelecer sua própria entidade e contratar profissionais locais diretamente, um empregador de registro em Angola provavelmente poderá ajudá-lo a recrutar os talentos de que você precisa.

Caso você queira um suporte de RH mais abrangente, seu provedor também pode oferecer serviços de RPO, o que significa que ele assumirá toda ou parte da responsabilidade pelo processo de recrutamento, de acordo com sua necessidade.

Um EOR em Angola também pode oferecer suporte na contratação de prestadores de serviços internacionais, caso suas necessidades sejam mais bem atendidas por profissionais experientes que trabalham como autônomos ou em projetos individuais.

Lembre-se de que, se estiver pensando em contratar prestadores de serviços, é fundamental que eles atendam aos requisitos locais para serem classificados como prestadores de serviços e não como funcionários diretos. Porque um número crescente de contratantes está reprimindo a classificação incorreta de contratantes, o que pode acarretar multas pesadas.

Verifique o risco de classificação incorreta de seu prestador de serviços.

A Serviap Global pode ajudá-lo a contratar em Angola

A Serviap Global oferece uma gama de soluções globais de contratação, incluindo serviços de empregador de registro (EOR), contratação de prestadores de serviços e terceirização de processos de recrutamento (RPO). Nossa cobertura se estende a mais de 100 países em todo o mundo e, se estiver procurando trabalhar com uma EOR em Angola, podemos ajudar.

Começamos na América Latina há mais de uma década e nos tornamos conhecidos por nossa experiência em contratação em mercados emergentes.

Contate-nos para saber mais sobre como o podemos ajudar.

A Serviap Global oferece soluções globais de contratação

Contate-nos

Talvez esteja interessado em ler...

Assine nosso boletim informativo

Compartilhar este artigo:

Você pode gostar também

Are you ok with optional cookies?
Cookies let us give you a better experience and improve our products. Please visit our Privacy Policy.