A Visão Geral do Capital Humano dos Países Baixos

A Visão Geral do Capital Humano dos Países Baixos

A Visão Geral do Capital Humano dos Países Baixos

As empresas americanas estão a considerar vários países como potenciais mercados de trabalho offshoring. A Holanda é uma dessas nações com uma força de trabalho bem instruída de muitos indivíduos de língua inglesa.

Embora a diferença de fuso horário possa ser um desafio para os serviços orientados para o cliente, a deslocalização de outros projectos pode ser a medida certa para muitas empresas.

SERVIAP pode ajudar com as suas necessidades de expansão global. Contacte-nos hoje para saber como pode expandir o seu negócio com PEO nos Países Baixos.

Técnicos graduados e força de trabalho

O governo dos Países Baixos investiu fortemente no sector tecnológico durante a última década. Como resultado, o mercado da tecnologia na nação está agitado.

  • Empresas Técnicas: Existem aproximadamente 76.000 empresas de TI a operar nos Países Baixos a partir de 2020. Estas empresas empregam um total de 452.000 profissionais de TI.
  • Crescimento dos estudantes: A população estudantil holandesa está a aumentar, com mais de 340.000 novos estudantes a inscreverem-se em programas de mestrado e bacharelato nos Países Baixos no ano académico de 2021-2022.
  • Mensalidades: Os Países Baixos têm taxas de ensino universitário relativamente baixas, especialmente para estudantes da União Europeia. Os indivíduos que são cidadãos de um Estado-membro da UE pagam aproximadamente 1,800-4,000 euros por ano por propinas. Os estudantes internacionais de Estados não pertencentes à UE podem pagar entre 6.000 e 20.000 euros por ano para as propinas.

Sectores chave para a actividade local

Embora o sector das TI tenha explodido nos Países Baixos, a economia continua a ser incrivelmente diversificada. Aqui está uma visão geral dos principais sectores de actividade do país:

  • Agricultura: A agricultura é um sector primário da economia dos Países Baixos. O país é conhecido mundialmente pela sua infra-estrutura inovadora de produção e transformação de alimentos. Também deu passos significativos no sentido de aumentar a sustentabilidade da sua indústria agrícola.
  • Modernização energética: A modernização energética é outra parte integrante da infra-estrutura económica dos Países Baixos. O país empenhou-se numa iniciativa de modernização energética a nível nacional, que visa converter a produção de energia para sistemas mais sustentáveis, tais como eólico e solar.
  • Química e Investigação Científica: Os Países Baixos têm demonstrado um compromisso de longa data para resolver os desafios globais através da ciência. É o lar de imensas comunidades de investigação científica privadas e geridas pelo governo.

Sectores chave para Outsourcing

Com dezenas de milhares de empresas de TI a operar nos Países Baixos, o país é um local privilegiado para externalizar ou deslocalizar os empreendimentos tecnológicos.

Além disso, os processos financeiros, jurídicos e empresariais podem ser efectivamente externalizados para os Países Baixos graças à sua mão-de-obra altamente qualificada e à sua rede de universidades a preços acessíveis. Outras potenciais oportunidades de externalização incluem as telecomunicações, o fabrico e a investigação científica.

Falantes de Inglês

O inglês é ensinado como uma segunda língua obrigatória nos Países Baixos. Os alunos começam a frequentar cursos de inglês nas séries superiores do ensino básico. Continuam a participar nestes cursos ao longo de toda a escola secundária.

A proficiência na língua inglesa é também uma contingência para a conclusão do ensino secundário. Se os estudantes não conseguirem demonstrar proficiência nos seus exames finais, podem ser impedidos de se formarem.

Enquanto estes estudos se concentram no “The Queen’s English”, os estudantes holandeses são expostos a um grande volume de programação americana, o que tem sem dúvida uma influência na sua pronúncia e dialecto.

Salários Médios

O salário horário médio nos Países Baixos é de aproximadamente 24 euros a partir de 2020. Naturalmente, os salários médios anuais variam com base na idade, experiência profissional, e outros factores.

Estudos mostram que as crianças dos 15 aos 25 anos que trabalham nos Países Baixos ganham aproximadamente 10.600 euros por ano. Este valor sobe para 36.400 euros por ano para trabalhadores com idades compreendidas entre os 25 e os 45 anos. Os trabalhadores com mais de 45 anos de idade trazem aproximadamente 42.400 euros por ano.

Cidades proeminentes para negócios

A Holanda é o lar de algumas cidades e centros populacionais em expansão que são inovadoras e centradas na tecnologia. Algumas das principais cidades para negócios nos Países Baixos incluem:

  • Amesterdão: Amesterdão, a capital, é conhecida mundialmente como um centro de arte e criatividade. No entanto, é também um centro de negócios, tecnologia e inovação.
  • A Haia: Actualmente o lar do centro internacional de justiça e paz, Haia é o local de muitas embaixadas e organizações internacionais. Esta proximidade ao poder faz de Haia o local ideal para a ciber-segurança e o arranque da tecnologia.
  • Roterdão: Sendo a segunda maior cidade da Holanda, Roterdão é um excelente local de offshoring. Tem o maior porto marítimo da Europa, o que o torna um óptimo local para expansão ou externalização.
  • Eindhoven: Eindhoven é considerada uma das regiões mais inteligentes do mundo. A cidade acolhe instalações de investigação, instituições académicas, empresas de tecnologia e outros pioneiros dentro dos sectores da tecnologia e da ciência.

Taxas de rotatividade

Como muitas outras nações, a Holanda tem registado taxas de rotatividade ascendentes nos últimos anos. Contudo, estas taxas são significativamente inferiores às de outros países, incluindo os Estados Unidos. Os Países Baixos também mantêm uma mão-de-obra temporária massiva e sindicalizada que tanto as empresas nacionais como internacionais podem aproveitar.

A Holanda é o país certo para o seu negócio?

SERVIAP é uma Organização Profissional de Empregadores (PEO) líder, pronta a ajudar o seu negócio a expandir operações em todo o Hemisfério Ocidental. PEO é um modelo de co-emprego, onde assumimos total responsabilidade pelo seu talento, permitindo-lhe concentrar-se nas actividades estratégicas da sua organização.

Contacte-nos hoje para saber mais sobre como pode expandir o seu negócio nos Países Baixos.

Contatos

-->

Contate-nos

Talvez esteja interessado em ler...

Assine nosso boletim informativo

Compartilhar este artigo:

Você pode gostar também

Are you ok with optional cookies?
Cookies let us give you a better experience and improve our products. Please visit our Privacy Policy.